Clube Livro

Quem está conectado

1 usuário online :: Nenhum usuário registrado, Nenhum Invisível e 1 Visitante

Nenhum


O recorde de usuários online foi de 30 em Dom 17 Abr 2011, 16:21

Últimos assuntos

» PRESENÇA DIVINA
Qua 29 Fev 2012, 03:16 por Super Tifa

» Lancei o mMEU LIVRO, e voltei a CB
Ter 27 Set 2011, 13:01 por capitaoryu

» Queimando em fogo (Vou parar de postar aqui por quê ninguém comenta!)
Sab 10 Set 2011, 23:02 por Shadow_Hunter

» Suas lagrimas estão caindo
Seg 05 Set 2011, 21:01 por Shadow_Hunter

» Oi denovo,"
Seg 05 Set 2011, 20:59 por Shadow_Hunter

» Meu Destino é te amar...
Qui 25 Ago 2011, 11:05 por Shadow_Hunter

» Sangre verme!
Seg 22 Ago 2011, 12:38 por Moonday

» Sonhos e Ilusões
Seg 22 Ago 2011, 12:37 por Moonday

» AMAR VOCÊ
Sab 20 Ago 2011, 16:13 por Shadow_Hunter

» O Sinal da Cruz
Sab 20 Ago 2011, 15:39 por Shadow_Hunter

Carregando avatar...
Usuário:
Meu perfil.
Minhas preferências.
Assinatura.
Meu Avatar.

Post's:
Tópicos que supervisiono.
Meus tópicos favoritos.
Tópicos que participo.
Últimos tópicos.

    Quatro Poemas

    Compartilhe
    avatar
    sdagoberto
    Matriculado
    Matriculado

    Mensagens : 4
    Data de inscrição : 29/03/2011

    Respeito as Regras:
    Barra de Warning:
    100/100  (100/100)

    Outro Quatro Poemas

    Mensagem  sdagoberto em Ter 29 Mar 2011, 11:04

    olá a todos! eu sou novo aqui no fórum clube livro. basicamente, eu andei à procura no google, de foros onde eu pudesse expor a minha poesia, e este foi o que me apareceu. espero, sinceramente, que ele esteja à altura das minhas expectativas. primeiro, antes de mais nada, vou-me apresentar. "batizei-me" a mim mesmo com o nome de salvador dagoberto, que significa: determinado, decidido e um pouco para o ego/excêntrico. tenho dezassete anos e sou português de portugal. sou declaradamente ateísta e apoiante da ideologia anarquista, mas isso agora não é para aqui chamado. sou, igualmente, estudante de artes do décimo segundo ano e pretendo seguir belas artes na universidade. o meu grande sonho é ser cineasta.

    agora, os meus quatro poemas, que eu fui escrevendo. já são poemas um pouco antigos. se quiserem ler mais dos meus poemas dêem uma vista de olhos ao meu blog presente na minha assinatura. ps: eu escrevo tudo com minúsculas por opção própria.

    sigamos agora com os ditos poemas.

    MEU FILHO

    meu filho, pega na arma e luta!
    luta pela liberdade que tanto desejas!
    luta, porque a liberdade não cai do céu.
    se a queres, tens que a ganhar,
    e se a queres ganhar, tens que lutar.
    luta, como se o futuro do teu povo
    dependesse somente da tua loucura.
    luta, porque se lutares, todos lutarão!
    e uma vez unidos, ninguém vos vencerá!
    nem lei! nem rei! nem deus!
    tudo cairá por terra! tudo mudará!
    tudo voltará a ser como era:
    tudo voltará a ser virgem!
    e dessa mesma muito esperada virgindade,
    eis que surgirá o novo futuro:
    o futuro que tu, meu filho, tanto desejas.
    liberdade! sim, camaradas, liberdade!
    liberdade em estado puro!

    salvador dagoberto – 22:15 – 07-03-2011

    ----------

    LIBERTEMO-NOS

    libertemo-nos deste mal,
    destes preconceitos sem fim.
    iluminemos, juntos, a noite,
    com a fogueira por nós acesa,
    e, aquando do rufar dos tambores,
    festejemos, dançando, a alegria da vida.
    esqueçamos, ainda, que por breves momentos,
    todos e quaisquer problemas.
    fixemos, antes, o nosso olhar,
    nas bailantes chamas do fogo.
    e que belíssimas que elas são.
    uivemos selvagens como lobos ao luar.
    dancemos, dancemos amigos,
    dancemos até as pernas nos caírem.
    saltemos, saltemos camaradas,
    saltemos por cima do fogo.
    desfrutemos, pois, da vida que ainda temos,
    da vida que jamais voltaremos a ter.

    salvador dagoberto – 22:03 – 15-03-2011

    ----------

    O MEU VERÃO

    parece-me,
    visto da minha perspectiva,
    que o verão chegou.
    e com ele,
    a refrescante aragem,
    o cativante cheiro da maresia,
    o rufante barulho do bater das ondas,
    o avistamento das tagarelas gaivotas voadoras,
    o calor do meu adorado e abrasador sol…
    deito-me sobre a areia à beira-mar.
    fecho os meus olhos, adormeço e sonho.
    no começo, tu era negro,
    até que um caleidoscópio de cores começou a surgir.
    surgiram também
    sete flores e sete arcos-celestes:
    todas as sete cores em perfeita harmonia.
    adormeço e sonho e sonho…
    e quando os meus olhos se abrem,
    já o meu sol se estava a deitar,
    e a lua, essa, de tão redonda e brilhante,
    lentamente, a noite começava a iluminar.
    fecho os meus olhos,
    adormeço e sonho…

    salvador dagoberto – 16:14 – 22-03-2011

    ----------

    DIA INDEFINIDO

    triste dia este,
    em que não há chuva nem sol.
    triste, este dia indefinido.
    triste, o dia que me fez ficar triste,
    e não só me fez ficar triste,
    como também me fez ficar deprimido.
    o dom da poesia, a mim me foi dado,
    surgindo-me num dia qualquer
    como qualquer outro dia igual.
    talvez, quem saiba, num dia de chuva!
    talvez, quem saiba, num dia de sol!
    as rimas, pouco me importam.
    para quê seguir regras
    se eu as posso quebrar?
    os pensamentos e os sentimentos, esses sim!
    eis os alicerces de toda a minha escrita.
    e, mesmo não sendo eu o poeta,
    o ser que em mim habita,
    o ser que eu sou,
    não o ser que eu aparento ser,
    esse ser, esse sim é o verdadeiro poeta!
    triste dia este,
    em que não há chuva nem sol,
    nem arcos-celestes para colorir o céu.
    triste, este dia indefinido…

    salvador dagoberto – 14:05 – 25-03-2011


    espero que tenham gostado!
    avatar
    Moonday
    Diretor
    Diretor

    Mensagens : 304
    Data de inscrição : 30/01/2011
    Idade : 21

    Respeito as Regras:
    Barra de Warning:
    100/100  (100/100)

    Outro Re: Quatro Poemas

    Mensagem  Moonday em Ter 29 Mar 2011, 18:03

    Sempre vejo um lado forte na literatura vinda de portugal,
    A sua dor, sua chave de libertação.. Expressa em algumas mínimas, palavras.
    Usam muito bem, as figuras de linguagem o que de fato me trás fascínio e ousadia.

    Bem seja bem vindo, ao Clube Livro, esperamos atender sua expectativas, e caso ocorra algum problema solicite aos moderadores eles, podem lhe ajudar.

    Estamos aqui (:


    _________________
    Minha Atual Produção;
    Escola Ëbon - O 1º Ano


    ____
    avatar
    juniorbeofort
    Coordenador - Designer e Publicidade
    Coordenador - Designer e Publicidade

    Mensagens : 142
    Data de inscrição : 06/02/2011
    Idade : 25

    Respeito as Regras:
    Barra de Warning:
    100/100  (100/100)

    Outro Re: Quatro Poemas

    Mensagem  juniorbeofort em Sex 01 Abr 2011, 18:23

    Quatros bons poemas, parabéns S.dagoberto.
    o que eu mais gostei foi: ''O MEU VERÃO'' .
    Bem vindo ao forum, e boa estadia (:
    avatar
    RA(in) VampS
    Coordenador - Visor da Lei
    Coordenador - Visor da Lei

    Mensagens : 136
    Data de inscrição : 31/01/2011
    Idade : 23

    Respeito as Regras:
    Barra de Warning:
    100/100  (100/100)

    Outro Re: Quatro Poemas

    Mensagem  RA(in) VampS em Sab 02 Abr 2011, 16:08

    Seja bem-vindo ao ClubeLivro!
    Gostei muito de seus poemas, sdagoberto. Você sabe combinar palavras muito bem. Acho que iremos nos dar bem!

    Espero que faça amigos e sua estadia seja longa!
    See Ya! Xau!

    Conteúdo patrocinado

    Outro Re: Quatro Poemas

    Mensagem  Conteúdo patrocinado


      Data/hora atual: Sab 18 Nov 2017, 16:08